"O amor ainda existe?
Eu e meu querido marido, John, eramos casados há 46 anos. Todos os anos no dia dos namorados ele me enviava as mais lindas flores com um bilhete contendo cinco simples palavras: “Meu amor por você cresce.” 4 filhos, 46 buquês de flores e uma vida inteira de amor era o legado de John para mim, quando ele faleceu há dois anos atrás. No meu primeiro dia dos namorados sem o John, dez meses depois que ele morreu, fiquei chocada quando recebi um lindo buquê de flores… como os que John me mandava. Irritada e com o coração partido, eu liguei para a loja de flores para dizer que eles tinham se enganado e mandado flores para o endereço errado, logo após eu falar isso o Floricultor me respondeu “Não madame, não foi engano. Antes de falecer, seu marido nos pediu para que nós garantismos que você continuasse recebendo os buquês de flores no dia dos namorados por muitos anos.” Com o coração na mão, eu desliguei o telefone e fui ler o bilhete que estava no buquê de flores. No cartão dizia: “Meu amor por você é eterno.”"
Autor Desconhecido.  (via alciao)

(Source: orgulhador, via sociedadedospoetasdesordeiros)

"Não precisa ser pra sempre. Mas que dure o necessário para termos lembranças felizes, sem nenhuma perturbação."
Tabacos.  (via defensor)

(Source: tabacos, via defensor)

"Amar significa cuidar, conversar, ouvir, respeitar e elogiar. Mas amar muitas vezes também significa saber esperar."
Pr. Lucinho (via declama)

(Source: cartazstefany, via 0-h-h-a-n-a)

ô vontade desgraçada de você

(Source: babilonnia, via 21tiroscertos)


oh tia, eu to querendo o seu filho
"Fico triste rápido. Desanimo fácil. Sou complicado."
Allax Garcia. (via amarga-metade)

(Source: allaxg, via dorerancor)

"Eu quero o diferente. Cansei de pessoas iguais, sonhos iguais, modas iguais, conversas iguais."
Caio Fernando Abreu. (via romantizar)

(Source: retificado, via romantizar)

"Uma hora você desaba, uma hora você chora, uma hora você deixa transparecer suas fraquezas, porque é impossível ser forte o tempo todo."
Lucas Katsuro.  (via mina-topp)

(via bela-borges)

Tô numa fase da minha vida que não tô mais fazendo questão de nada. Se quiser ficar aqui, tudo bem. Se não, amém e vai tomar no cu também.